FacebookTwitter

Effectuation – Faça agora, Ponha em Prática!

Quero te convidar a visitar sua memória! Nossa vida é uma história, construída a partir do conhecimento de muitas histórias. Na infância conhecemos histórias magicas! Flintstone, Arnold, Rei Leão… Na adolescência e fase adulta outras histórias… Mas todas, independente da fase da nossa vida, tinham a partir de um cenário, um vilão, heróis e coadjuvantes! Assim como a história que contamos de nossa vida real, quando encontramos alguém e respondemos aquela pergunta corriqueira…. Como esta? Como vão as coisas? Como vai seu negócio?

Falamos do cenário, o que há de bacana e o que há de ruim…

E dependendo da nossa forma de pensar do nosso mindset, de nossas crenças… somos heróis, vilões ou coadjuvantes de nossa própria história.

Vamos contar uma história bacana? O cenário mudou a nossa revelia! Dormimos num mundo e acordamos em outro! E agora? O que você pode fazer? Precisamos entender que cenário nos estamos, quem nos atinge, qual é o nosso VILÃO, onde nos atinge? E quais as qualidades – nossos pontos heróicos? Quem são nossos parceiros? Aqueles que nos ajudarão, serão VINGADORES conosco!

Sarah Sarasvathy, uma pesquisadora indiana organizou estas ideias para nós! No fim dos anos 1990 ela criou o Effectuation (ou abordagem efetiva – efetivação/ por em prática) que em vez de se preocupar com metas e objetivos a longo prazo, trabalha com os recursos que estão disponíveis e, busca na prática, descobrir o que funciona ou não. A ideia de simplesmente fazer alguma coisa com o que está disponível. Esse conceito se baseia, portanto, em utilizar os recursos de maneira criativa para lidar com as surpresas e dificuldades da implementação de uma ideia. A partir dessas respostas, é possível entender melhor quais são as possibilidades de empreender no momento.

Organizando essas informações, montamos um Plano de Ação de início imediato!

Te convido a pegar um papel e caneta e escrever:

  1. Pássaro na mão (Bird in hand): ao iniciar um negócio, você deve fazer as seguintes perguntas a si mesmo:
  • Quem eu sou? ( Sua origem? Sua Formação – Conhecimento? Gostos? Preferencias?
  • O que eu sei fazer? (Suas competências? Habilidades? Talentos?)
  • Quem eu conheço? (Amigos importantes/ influentes em alguma instancia)

Em vez de pensar em um fim definido para o seu negócio, identificar oportunidades a partir dos recursos que você tem disponíveis. Precisamos pensar na nossa rede de contatos. Listar, organizar estes itens, para a partir deles pensarmos como desenharemos nosso futuro! Como contaremos nossa história.

Me diz ai, o que você tem agora, hoje! Qual é o seu pássaro na mão! Aquilo que só depende de você.

  1. Perda Tolerável (Affordable loss):neste princípio, você deve pensar na quantidade máxima de recursos (financeiros, tempo, reputação) que pode investir e, eventualmente, perder no seu negócio.
  2. Colcha de Retalhos (Crazy Quilt):a sua ideia original pode ser a base do seu negócio, mas ela dever ser aprimorada por meio da cocriação com as ideias dos seus parceiros, aplicando um conceito relacionado ao do improviso. Juntar ideias e referências distintas é, também, uma prática saudável. 
  3. Limonada (Lemonade):o que você faz diante dos imprevistos? No Effectuation você deve aprender com eles e considerá-los parte do seu negócio, ao invés de se preocupar com erros ou tentar prever contingências. 
  4. Piloto no Avião (Pilot in the plane):quando você não pode prever o futuro, você aprende a controlá-lo. Isso significa utilizar os seus recursos, parcerias e imprevistos para ampliar suas oportunidades.

Pronto! Autor de sua historia e ciente das oportunidades e parcerias faça seu Plano de Açao de aplicação imediata!

Efetue-se e Sucesso!

Ana Baumgratz

@anabaumgratz

NOS ACOMPANHE NAS MÍDIAS SOCIAIS

Download Best WordPress Themes Free Download
Free Download WordPress Themes
Free Download WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
free online course
download samsung firmware
Download WordPress Themes Free
free download udemy course

Autor