FacebookTwitter

Meu Dinheiro na pandemia

A pandemia do coronavírus já afetou o bolso de muitas famílias brasileiras e pode afetar ainda mais. Aquelas famílias cujo trabalho provém de alguma atividade autônoma ou da renda recebida de um negócio próprio já estão sofrendo as consequências da diminuição da entrada de recursos. Um lar que, por exemplo, tenha um microempresário, que possuía uma determinada renda a partir da retirada que fazia em seu negócio, hoje já tem uma renda menor. E há uma tendência a diminuir ainda mais. Isso porque o isolamento social – única forma de tentarmos minimizar os efeitos dessa pandemia – vai afastar ainda mais o cliente desse prestador de serviços.

Quais são as alternativas, então?

A primeira coisa a ser feita é realizar o levantamento de todos os gastos que se tem naquela casa. Colocar no papel e, depois, buscar alternativas para diminuir certos gastos, eliminar outros e suspender, temporariamente, mais alguns.

A lógica é: quanto menos se gastar, menos recursos serão necessários para manter as contas em dia. Outra possibilidade é buscar uma fonte alternativa de renda para o seu negócio. Buscar novos canais para continuar atendendo seus clientes. As redes sociais podem ser grandes aliadas nesse momento.  Vender pelo WhatsApp e fazer entregas a domicilio pode ser uma saída.  Nesse momento o mais importante é evitar que se interrompa o fluxo de recursos naquela casa.

Caso as famílias não tomem nenhuma ação com intuito de diminuir os gastos, aumentam as chances de, em pouco tempo, precisarem se endividar.

Visando diminuir a inadimplência, vários bancos já estão oferecendo alternativas para a suspensão de parcelas de empréstimos para aqueles correntistas que estejam adimplentes, ou seja, que estejam pagando em dia até o momento.

É importante aproveitar essa oportunidade e utilizar o dinheiro economizado para fazer uma reserva ou para realizar compras mais urgentes e necessárias. Nada de utilizar esse recurso com gastos supérfluos, algo que pode ter ou ser feito no futuro.

Tentar manter o equilíbrio do orçamento doméstico, evitando o endividamento, é a grande questão, uma vez que o principal problema dessa pandemia do coronavírus é que não há nenhum prognóstico. Não sabemos por quanto tempo as lojas ficarão fechadas, as atividades econômicas ficarão reduzidas, não há qualquer previsão sobre o assunto. Pode ser um período curto, ou uma situação que se estenda, mas quanto mais tempo durar, maiores serão os impactos nas famílias brasileiras.

Por isso o planejamento financeiro é de muita importância nesse momento. É através deles que as famílias estarão preparadas para superar essa crise.

Carlos Eduardo Costa

@meu.dinheiro

NOS ACOMPANHE NAS MÍDIAS SOCIAIS

Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
download lenevo firmware
Download Best WordPress Themes Free Download
lynda course free download

Autor